11 ativos de óleos capilares e seus benefícios para os fios

25/08/2015 | Patricia Santos

Depois de esclarecer seis fatos importantes sobre óleos capilares, a gente traz para você um dossiê com os principais ativos usados nesse tipo de produto no Brasil, suas origens e os inúmeros benefícios de cada um. Tudo com a ajuda da Dra. Ana Barcelos, médica do Centro de Tratamento Estético do Rio de Janeiro, o CETERJ. 

Confira a lista a seguir e saiba como escolher os ativos corretos para cada demanda das suas clientes. 

Coco

Nativo do sudeste da Ásia e do Brasil. Contém ácido láurico e vitaminas. Promove hidratação, nutrição e regeneração dos fios.

Buriti

Extraído da palmeira Buriti, da região Amazônica. Rico em vitaminas A, C, E e ativos antioxidantes. Ideal para cabelos que necessitam de hidratação, controle do frizz e brilho. Protege contra os raios ultravioleta.

Urucum

Extraído da semente da Bixa Orellana, nome científico da árvore típica da Amazônia, rico em betacarotenos e atua reestruturando os cabelos e auxilia na proteção contra os raios ultravioleta.

Pracaxi

Originário da região Amazônica, rico em ácido behênico, promove hidratação, maciez e aumento do brilho.

Argan

Extraído de uma árvore natural do Marrocos. Excelente hidratante, antioxidante natural, que combate os radicais livres. Possui vitamina E, que fortalece a fibra capilar e protege contra os danos causados por agentes externos. Uma de suas vantagens é de ser pouco gorduroso, agindo bem até em fios oleosos, não deixando os cabelos com aspecto pesado. Exibe ainda propriedades hidrofóbicas, ou seja, repele a água. Assim, mesmo nos dias úmidos e chuvosos, evita o efeito frizz.

Ojon

Extraído da noz de uma palmeira caribenha. Possui a mesma constituição da queratina do cabelo, rico em aminoácidos e antioxidantes naturais. Penetra profundamente no fio capilar, promovendo nutrição, restauração e proteção às agressões diárias aos fios. Possui efeito anti-frizz.

Monoi

Originário da Polinésia Francesa, rico em ácidos graxos, confere hidratação progressiva e duradoura, maciez e efeito reparador em cabelos secos e danificados.

Macadâmia

Extraído das nozes de Macadâmia , originário da Austrália, contém ácido palmitoleico e vitamina E, recomendado para hidratação, nutrição e controle do frizz.

Abacate

Originário do México e América Central. Rico em aminoácidos e vitaminas A, B, D e E, além de potássio, cálcio, fósforo, ferro e ácidos graxos (oleico e linoleico); possui ação emoliente e hidratante.

Jasmin

Nativo da Índia, proporciona hidratação, brilho e maciez.

Camélia

Nativo da Ásia Central e Oriental. Rico em ácidos graxos, polifenóis e vitamina E. Promove hidratação.

Texto: Cristiane Dantas (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Shutterstock

LEIA TAMBÉM: 

* ESPECIALISTA ESCLARECE 6 FATOS SOBRE ÓLEOS CAPILARES
* 9 CURISIDADES QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE O CRESCIMENTO DO CABELO
* HAIRSTYLIST APONTA O MELHOR A MELHOR ESCOVA PARA CADA TIPO DE MODELAGEM

* 5 DICAS ESSENCIAIS PARA CACHOS PODEROSOS 

 


Tags: