20 dicas indispensáveis para se tornar um expert em penteados

07/10/2015 | Patricia Santos

Dominar a arte de modelar os fios não só requer talento, mas também muita técnica. Afinal, o bom cabeleireiro não só manda a noiva linda para a igreja, mas faz com que ela saia maravilhosa da sua festa de casamento. Se você ainda tem dúvidas de como fazer isso, veja a seguir as dicas de dois mestres do styling: Nilza Bezerra, do Studio W Campinas, e Jairo di Lima, do Blend na capital paulista. 

1. Pentear é realizar um desejo da cliente. Por isso, ela precisa ser ouvida antes de iniciar o trabalho. Ofereça opções, troque ideias e estabeleça uma estratégia para construir o look.

2. Nunca deixe de testar o penteado de uma noiva, por exemplo, com antecedência. Também é importantíssimo saber como será o vestido que ela vai usar. Quando você chegarem ao visual dos sonhos, fotografe o resultado de vários ângulos e anote em uma ficha as técnicas adotadas para elaborá-lo, bem como os produtos utilizados.

3. “O styling já começa no lavatório, com pouco ou nenhum condicionador”, diz Nilza Bezerra. Jairo Di Lima concorda: “O cabelo precisa estar o mais limpo possível, livre de resíduos. Assim, conseguimos estruturá-lo durante o penteado”.

4. Antes de pentear, é fundamental lavar as madeixas apenas com xampu de limpeza ou com uma fórmula purificante. Cuidado ao manipular cabeleiras com progressiva, que ficam muito oleosas na raiz. Nada de tensoativos agressivos, que estimulem ainda mais a oleosidade.

5. Depois da lavagem, retire 70% da umidade com o secador, direcionando o jato sempre para baixo, na vertical, e penteando as mechas com os dedos. Dessa forma, evita-se que os fios embaracem.

6. “Durante a secagem, gosto de usar musse ou spray de volume para dar textura”, diz Nilza, que completa: “Protetor térmico leve é fundamental, assim como um spray seco e também levinho durante a execução do penteado. Para finalizar, mais spray, de jato seco, com fixação forte”.

7. “Escovo a cabeleira levantando a raiz. Faço isso em todas as seções, direcionando-as para trás. Aproveito para modelar as pontas”, conta Jairo.

8. “Grampos são indispensáveis para garantir a durabilidade, mas a quantidade depende daquilo que o profissional projetou”, diz Nilza.

9. Para elaborar presos de textura ondulada, faça rolinhos com os dedos em toda a cabeça, os chamados boucles. Depois, enrole as mechas torcidas no ferro, sempre aplicando spray termoativado”, sugere Jairo.

10. A cliente precisa ser direcionada para a maquiagem logo depois de finalizada a preparação do cabelo e antes da construção do penteado. Assim, quando ela deitar a cabeça no encosto da cadeira do maquiador, não corre o risco de amassar o visual. 

11. “Nos penteados que pedem ondas bem marcadas, trabalhe toda a borda do cabelo com babyliss fino e adote o aparelho mais grosso nos fios centrais. Isso agiliza o processo sem interferir no resultado”, indica Jairo.

12. Em hipótese alguma aplique spray fixador antes de modelar a cabeleira com uma ferramenta de calor, como o babyliss. Essa prática danifica a fibra capilar. Invista somente em fórmulas apropriadas para esse fim, que incluam proteção térmica.

13. “O uso de spray em excesso no cabelo fino pode gerar peso, fazendo com que ele despenque e o penteado não dure a noite toda”, alerta Nilza.

14. “Ao criar visuais descontraídos, faço cachos usando a chapinha, porque ela dá um lustro nas mechas. Enrolo as seções em boucles quando a cabeleira ainda está quente e prendo com grampo”, revela Jairo.

15. Se o cabelo da cliente for muito ralinho e não der para desfiá-lo com o pente, use cera em pó para levantar a raiz.

16. “Quando for enrolar as mechas no modelador, use um spray próprio para cachear”, sugere Nilza.

17. Nunca jogue spray fixador no cabelo desfiado com o pente, pois você não conseguirá desmanchá-lo se isso for necessário.

18. “Pomadas e finalizadores do tipo gloss dão vida e brilho às madeixas. Use ao finalizar”, aponta Jairo.

19. Use spray de jato seco e o mantenha a pelo menos 30 cm de distância da cabeça para evitar molhar a cabeleira com o produto. Se isso acontecer, você pode perder a forma já obtida.

20. “Sempre que enrolar um cabelo, dê a ele o tempo necessário para esfriar”, explica Nilza.

Texto: Cristiane Dantas (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Laurent Darmon para Franck Provost e divulgação Saint Algue

LEIA TAMBÉM: 

* SUPERATIVOS PARA RECUPERAR E MANTER BONITOS TODOS OS TIPOS DE CABELO
* 3 RITUAIS CAMPEÕES PARA ACELERAR O CRESCIMENTO DO CABELO E AUMENTAR A QUANTIDADE DE FIOS
* 15 FAMOSAS QUE MUDARAM (MUITO) O VISUAL AO LONGO DOS ANOS

 


Tags: