4 promoções “arrasa-quarteirão” para turbinar os negócios no salão

28/08/2015 | Patricia Santos

Uma promoção (certeira) todo mundo gosta, tomo mundo quer, certo? Em tempos de crise, então, nem se fala! Não sabe por onde começar? Então confira essas quatro lições infalíveis de mestres da publicidade para conquistar de vez a clientela.
 
1. Só no time AAA

Sabe aquela esteticista que vai passar apenas um tempinho determinado no seu salão? Ou aquele expert em penteados que vai morar fora por uns meses e não terá seu contrato renovado? Ou ainda o maquiador de noivas que foi contratado por um período de três meses e fez o maior sucesso entre as clientes? Aproveite a expertise desses profissionais e ofereça seus serviços por preços bacanas ou até mesmo um workshop com valor promocional durante a semana, quando o salão tem menos movimento: “Além de usufruir do talento deles, você vai valorizar o seu estabelecimento, mostrando que contrata apenas beauty artists top”, diz Christiane Sperandéo, da agência Light (SP). Mas o segredo está na comunicação dessa promoção: “Venda esses feras da melhor forma possível, como se as pessoas não pudessem perder a oportunidade de passar pelas mãos deles, afinal, em breve não estarão mais ali”, diz Christiane.  
 
2. Bloqueio de agenda

Apesar de “promoção” soar positivo sempre, ela só funciona quando utilizada no momento certo. Caso contrário, pode parecer que o salão precisa desesperadamente de clientes ou de dinheiro. Por acaso você já viu algum lugar top fazendo “casadinho” mão e pé? Para Kierna Terrisse, diretora da Beauty Mark, consultoria de marketing norte-americana especializada em negócios de beleza, a chave do sucesso para ações promocionais é “resolver os problemas e as necessidades dos frequentadores durante todo
o ano”. Para isso, ela monta um calendário com as principais datas comemorativas e elabora ações em cima delas. “Realizá-las mensalmente, sempre com um pretexto por trás, ajuda a fidelizar e apresentar a sua marca para quem ainda não a conhece”. Quer um exemplo? Em datas comemorativas, como dia das mães ou dos namorados, você pode deixar disponíveis no site do salão opções de vale-spa ou vale-serviço para quem deixar para comprar o presente para a última hora. Segundo ela, 25% dos cartões são vendidos no próprio dia. Sacada excelente: a estratégia capta mais dinheiro para o negócio e, de quebra, novos clientes, afinal, a presenteada vai ter de ir até o seu estabelecimento e, provavelmente, fará algum outro tratamento.
 
3. E tome desconto

Uma das “promos” mais tradicionais é pagar por um serviço e levar outro com desconto. Boa notícia para quem ia fazer apenas uma escova e, de repente, ganhou uma hidratação com 50% off! “Isso se chama cross-selling, quando se tem mais de um trato ou produto benéfico para oferecer àquele cliente além da primeira opção que ele veio buscar”, diz Kierna. Se o cosmético para fazer a hidratação vai vencer dali a três meses ou o estoque está cheio demais, excelente motivo para bolar uma promoção como essa. Enquanto a clientela vai perceber como uma vantagem de mão-única, ambos os lados estarão se beneficiando.
 
4. Pagou, ganhou!

Em primeiro lugar, é preciso definir quais atividades você pode oferecer de graça sem onerar seu rendimento e planejamento ou atrapalhar a sua agenda – de nada adianta propor um tratamento que exige um tempo absurdo para ser realizado e isso acabar comprometendo o andamento do seu negócio. Para Kierna, as promoções mais inteligentes são as que geram maior benefício para o cliente e menor custo para a empresa. Portanto, para realizar essa “promo”, escolha de um
a três tratos, cada um com um preço diferente, e determine qual o valor mínimo a ser gasto no estabelecimento para poder usufruir dos prêmios.

 
Texto:  Andrezza Duarte (Edição de web: Patricia Santos)
Fotos:  Shutterstock

LEIA TAMBÉM: 

* SEBRAE DÁ DICAS PARA ENFRENTAR A CRISE ECONÔMICA MANENDO O LUCRO E OS CLIENTES
* 5 TÉCNICAS PARA SER UM MESTRE DA CRIAÇÃO
* 7 LIÇÕES DE SUCESSO PARA APLICAR NA LOJA DO SALÃO AGORA

 


Tags: