6 experts dão dicas indispensáveis para arrasar nas unhas decoradas

03/06/2016 | Patricia Santos

Quando a novela A Regra do Jogo entrou no ar, o efeito Atena, papel de Giovanna Antonelli, invadiu os salões e esmalterias Brasil afora. Graças à nail art usada pela personagem, que trazia desenhos geométricos em tons de preto e nude, a demanda pelo serviço de unhas decoradas nos espaços de beleza aumentou consideravelmente.

dicas-nail-art-atena

As unhas usadas pela personagem Atena (Giovanna Antonelli), em A Regra do Jogo, fizeram os serviços de nail art bombarem nos salões e esmalterias Brasil afora

 

“Quando aparece uma novidade dessas nas novelas, as clientes acabam buscando. É bacana porque permite à mulher experimentar algo novo”, diz Juliana Diniz, proprietária do Bristrô Detrich, em São Paulo. O que a empresária percebe no dia a dia é atestado por Noriko Anagusko, supervisora de técnicas de nail art da Kiss New York: “A procura pelos desenhos nas unhas aumentou bastante no Brasil, mas esse mercado ainda tem muito a crescer. A clientela gosta e, além disso, é um diferencial para a manicure, que pode cobrar um pouco mais pela decoração”, conta a expert, que arremata: “A profissional que não sabe desenhar consegue usar fitas e colocar pedrarias e pérolas”. O valor desses extras varia de acordo com a criação, mas Sheila Brusque, diretora educacional da Universal Beleza, conta que aplicações de legítimos cristais Swarovski podem adicionar mais de R$ 70 ao preço do protocolo.

Nós conversamos com seis top manicures e docentes experts em nail art para descobrir quais as tendências mais quentes para esta e para as próximas temporadas. Inspire-se e mãos à obra!

MADAH SANTANA, do salão Maison Extravagante, em São Paulo
“A nail art é o meu diferencial, faço tudo com pincel. Aprendi sozinha, treinando modelos que via em revistas, mas há dois anos me matriculei em um curso e tirei o certificado. Hoje dou treinamento para outras profissionais. Minhas clientes já chegam sabendo o que querem, porque, geralmente, viram os meus trabalhos no Instagram [o perfil @madahsantana tem mais de 44 mil seguidores]. Crio conforme o desejo delas, mas posso dizer que a moda das pedrarias veio com tudo. Entre os desenhos mais pedidos estão arabescos, rendas, transparências, traços diagonais e ombré esponjado, que faço dando batidinhas com uma esponja. Marrom e vinho, além de amarelo queimado e laranja, são tendências.”

dicas-nail-art-1

SHEILA BRUSQUE, diretora educacional da Universal Beleza
“Aquela época de joaninhas e florezinhas ficou no passado. Até um tempo atrás, havia certa resistência à nail art, mas hoje a clientela busca efeitos diferenciados, como as unhas de luxo, com pedrarias e foil. Antes de propor uma criação dessas, é importante a manicure avaliar a personalidade da mulher, se ela é mais clássica ou ousada. Uma pessoa discreta dificilmente usará pedras grandes, mas pode topar um contraste sutil entre mate e brilho. Novos formatos, como o amendoado, prometem ganhar o mercado, assim como a textura que imita couro de cobra. Por fim, a própria manicure tem de se despir dos seus preconceitos e usar nail art também, porque as clientes acabam se inspirando.”

dicas-nail-art-2

NAYRA FACHINETTI, técnica da D-unhas
“Embora ainda haja certa resistência à nail art, ela deve crescer bastante. As clientes pedem desenhos com traços definidos e formas abstratas. Trabalhei um tempo fora do Brasil e vi que no exterior as mulheres variam bastante o formato. Quando voltei ao País, aqui todo mundo só queria unha quadrada, mas isso começa a mudar agora. Aquelas que não têm medo de ousar já pedem o shape amendoado, com a extremidade mais fina, o bailarina, com a ponta reta. No que diz respeito às cores, minhas apostas vão para os metalizados e tons fechados de verde e azul. Vermelho é um clássico e o preto e o branco também devem se sobressair.”

dicas-nail-art-3

CONCEIÇÃO PIMENTEL, consultora técnica da rede Esmalteria Nacional
“Vejo muitas artes com traço livre, tipo arabescos, e que deixam um pouco de transparência nas unhas. O que está se usando bastante é o efeito negativo, em que você aplica uma cor nas bordas e preenche o restante com outra transparente. As geométricas devem continuar com força no outono-inverno, assim como os tons sóbrios. A filha única segue valendo nesta estação. Esmaltes com acabamento gloss, em que a cintilância é bem sutil, estão na moda.”

dicas-nail-art-4 

JACK CARDOSO, nail designer freelancer, atua em São Paulo
“O público com que trabalho tende a ir para o lado da nail art europeia, que privilegia os desenhos abstratos, geométricos e as combinações de cores. As últimas passarelas mostraram que as fitinhas prateadas e douradas estão em alta, sobretudo se aplicadas com tonalidades nude. Outra tendência bacana é o esmalte com acabamento gloss. Ele é metalizado, mas não chega a ser supercintilante. Francesinhas coloridas, brincando com linhas horizontais em quatro dedos e uma diagonal no quinto, também são apostas.”

dicas-nail-art-5

JOANA D’ARC, nail designer que tem dois estúdios com seu nome, no Rio de Janeiro
“Tenho feito bastante a meia-lua na base da unha e os desenhos geométricos inspirados na personagem da Giovanna Antonelli. As clientes também pedem muito a Double French Nails, que leva dois traços na ponta dos dedos, sendo um fininho feito dentro de outro mais grosso. Acredito que a moda tende para nail arts clássicas. Entre as cores, tom sobre tom de marrom, marrom com dourado e Marsala, que fica lindo.”

dicas-nail-art-6