6 motivos para você se tornar um expert dos cachos

31/07/2015 | Patricia Santos

Olá, queridos!
 
Este é o meu primeiro post aqui no site da Cabelos&cia! Poder  compartilhar um pouquinho do meu conhecimento sobre um dos assuntos que mais domino e amo – cachos – será um imenso prazer!
 
Quero estrear o espaço com um assunto que ganha cada vez mais notoriedade: a tendência por cabeleiras cacheadas e crespas. Basta dar uma rápida olhada para todos os lugares e logo você perceberá que o look que impera no momento é o que valoriza a naturalidade, seja nas passarelas, nas campanhas publicitárias ou nas ruas.
 
Por isso, preparei uma lista especial com 6 razões para você se um cabeleireiro mestre na arte dos caracóis:
 
1. Carência de mercado


 
Pessoas com cabelos cacheados ou crespos penam para encontrar um profissional que saiba, de fato, lidar corretamente com suas cabeleiras. Muitos cabeleireiros estão tão acostumados a lidar com os lisos que quando pegam um caracol nas mãos mal imaginam que o protocolo é completamente diferente. Por conta disso, vamos ao próximo tópico.
 
2. Clientela fiel


 
Ao encontrar um único hairdresser que saiba fazer o corte que valorize e defina as curvas, as mechas que iluminam e destacam o seu formato e os tratamentos que conservam sua saúde, a cliente não o abandona jamais! E nunca se esqueça: clientela satisfeita indica o trabalho do profissional para outras pessoas.
 
3. Garantia de retorno


 
Você já parou para pensar que clientes com cabelo ondulado, cacheado ou crespo precisam ir ao salão com mais frequência? E não é difícil entender o porquê: a estrutura capilar desses fios é naturalmente mais delicadas e precisa de muito mais cuidados e com certa regularidade.

4. Supremacia dos cachos e crespos
 

De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Beleza Natural, em parceria com a Universidade de Brasília (UNB), em 2014, 70% da população brasileira era formada por indivíduos com fios encaracolados e crespos. Ou seja, o filão de mercado para um profissional que opte por se especializar nele é gigantesco.
 
5. A queda do liso artificial


 
A primeira década dos anos 2000 foi tomada pelo império das escovas: progressivas, definitivas, japonesas, entre tantas outras. Entretanto, com o passar do tempo, muitos desses protocolos se mostraram bastante prejudiciais à saúde dos fios e o mais grave: oferecem risco à saúde do cabeleireiro e da cliente, já que muitas dessas formulações levam formol, muito conhecido pelo seu poder cancerígeno.
Segundo o levantamento feito pela marca De Sírius, 87% das pessoas que alisaram os fios de alguma maneira hoje querem os cachos de volta. Isso porque ao vê-los danificados por conta desses processos químicos, que são cumulativos, vale lembrar, e perceber que falta naturalidade no resultado final, elas se arrependem e querem suas madeixas originais de volta.
 
6. Apoio de peso


 
De olho nessa mudança de comportamento, a indústria cosmética se preparou para atender a alta na demanda de consumidores a fim de cuidar dos caracóis e deixar o visual chapado para trás. Ou seja, você, cabeleireiro, tem inúmeras opções de produtos específicos, do styling ao tratamento mais power, para encaracolar a sua cliente. E o mesmo acontece para ela, que tem ao seu dispor muitas marcas que oferecem opções de cuidados diários para manter o visual lindo dia após dia.
 

Monique Abrantes é jornalista e completamente apaixonada pelo universo dos cacheados e crespos. Já passou pelas redações de veículos como o Jornal da Tarde e Estadão, mas foi como editora-assistente da Cabelos&cia que descobriu a sua paixão por cabeleiras. Atualmente é responsável pelo blog Cachos de Verdade: www.cachosdeverdade.com.br.

 
 

 

LEIA TAMBÉM: 

* INSTITUTO BELEZA NATURAL OFERECE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA CACHEADAS
* 5 TRUQUES INFALÍVEIS PARA MULHERES CACHEADAS
* 5 LOOKS CURINGA PARA COPIAR A-GO-RA