Alisamento: Novos protocolos agitam o mercado

30/01/2017 | Patricia Santos

Pesquisa realizada no primeiro semestre do ano por uma grande empresa do setor de cosméticos mostrou que metade das entrevistadas associa o cabelo liso a um visual mais profissional, ou seja, elegante e bem-cuidado, características implícitas de fios comportados, alinhados, com balanço e brilho. Isso explica por que o alisamento capilar é um serviço tão valorizado no nosso País, onde a maior parte das brasileiras não exibe cabeleira naturalmente lisa (mais de 50% delas são cacheadas ou crespas). Em virtude da grande procura por um look bonito e saudável, as empresas do setor não medem esforços na busca por ativos e tecnologias capazes de atender a tal desejo, bem como facilitar o trabalho do cabeleireiro na hora de transformá-lo em realidade.

novos-protocolos

POUCOS PASSOS COM MÁXIMA EFICIÊNCIA

A grande novidade é o procedimento realizado em pouquíssimas etapas – alguns restritos à aplicação de um produto apenas. Isso é possível graças ao desenvolvimento da indústria, que utiliza ingredientes eficientes para alinhar os fios com rapidez. Saem de cena o hidróxido de guanidina e o tioglicolato de amônio para darem espaço a ácidos especiais, unidos a substâncias hidratantes para, além do alinhamento do fio, oferecerem hidratação e emoliência, resultando num cabelo alisado com aparência saudável. A ação se dá de forma superficial (se comparado ao alisamento tradicional), pois não há ruptura das pontes de enxofre, mas sim das pontes salinas que fazem parte do córtex e são também chamadas de ligações iônicas, consideradas de força média. As vantagens são inúmeras para o profissional e para a cliente: o protocolo é livre de ativos danosos (como formol); em geral, os cosméticos não possuem parabenos (causadores de alergia) e são compatíveis com outras químicas, como coloração; a aplicação demora metade do tempo da tradicional; pode ser feito em cabeleira ondulada a afro e repetido num curto espaço de tempo para um resultado potencializado. O efeito dura cerca de três meses.

MERCADO EFERVESCENTE
VÁRIAS MARCAS JÁ ESTÃO COM NOVIDADES NAS PRATELEIRAS. CONHEÇA ALGUMAS DELAS

THE MAGIC, NATUMAXX PROFISSIONAL

novos-protocolos-TheMagic

Como o próprio nome indica, o produto promete alisar num passe de mágica, pois o resultado imediato é obtido em um único passo, sendo compatível com qualquer química. “A maior qualidade de The Magic é o grande poder de alisamento aliado ao de tratamento”, assegura Alex Reis, técnico. O xampu disciplinante tem fórmula inovadora e contém um blend de ácidos orgânicos que se unem às proteínas do cabelo, formando novas interações químicas que agem reduzindo volume, doando brilho, maciez e deixando-os lisos e disciplinados. Além disso, a composição conta com outros ingredientes que reestruturam a fibra durante o processo de alinhamento capilar, garantindo melhores resultados de forma rápida e prática logo na primeira aplicação. “Graças aos alisadores compatíveis com as outras químicas, não há agressão, seja em fios naturais ou não. No entanto, é fundamental que o profissional tenha atenção ao realizar o passo a passo mecânico”, diz Alex. Para manter o efeito, o técnico indica que a cliente adote uma linha com ácido hialurônico ou de ativos repositores de massa capilar. “Isso fará com que se mantenha o peso nutritivo na fibra, prolongando o liso com saúde”, finaliza.

LINHA PROGRESS, MUTARI

novos-protocolos-mutari

A tecnologia Tecpro promove redução do volume em todos os tipos de cabelos, graças a um complexo de ativos que interage com a estrutura capilar, promovendo sua transformação e reparação da fibra. “Isso garante que o produto não cause danos à cabeleira, mesmo após repetidas aplicações, ação comprovada por teste de ruptura, realizado pelo Laboratório Cepad”, atesta France Batistelli, diretora de P&D. Composta por Redutor Reconstrutor Profissional, é considerada uma progressiva de um único passo. Compatível com todas as químicas, oferece a chamada textura 4-D (brilho, nutrição, reparação e sedosidade). Contém ativos de tratamento, como extrato de bambu, ácido hialurônico, bioéster de manteiga de karité e queratina hidrolisada. “Esse complexo de ativos interage com a estrutura capilar, deixando os fios lisos, repondo a camada lipídica perdida”, diz France Batistelli. São quatro efeitos: Escova Super Progress, para um look superliso, indicada para ondulados, volumosos e cacheados finos, podendo ser coloridos e/ou descoloridos; Impact Progress, para redução de volume, recomendada para ondulados, cacheados e crespos difíceis de alisar; Semi Progress, para redução de volume e definição de cachos soltos, fáceis de desembaraçar e com textura 4-D; e No Frizz, para disciplinar as madeixas sem alterar a forma natural delas. “A manutenção, em todos os casos, deve ser feita com a linha Everyday Mutari Progress, desenvolvida para garantir maior durabilidade do liso e reparação intensiva diária aos fios, deixando-os alinhados, hidratados e com brilho”, recomenda a diretora de pesquisa.

FELITHI SHAMPOO LISO SUBLIME

_novos-protocolos-felithishampoo

Denominado “a reinvenção do cabelo liso”, tem na fórmula uma combinação de ácidos orgânicos e de frutas associados a polímeros e nanoesferas de óleo de abacate e gergelim, além de manteiga de cacau e pantenol. “O grande diferencial está nos ativos exclusivos, que ajudam no selamento cuticular do fio”, explica a técnica da marca, Renata Mendonça. Outra característica é conter pigmentos matizantes, capazes de neutralizar tons amarelos, restaurando a cor bonita do cabelo. “Um diagnóstico preciso é essencial e o passo a passo deve ser seguido conforme a marca aconselha. Apesar de ser indicado para todos os tipos de madeixa, recomendo a realização do teste de mechas para garantir segurança ao profissional e o look esperado pela cliente”, lembra Renata. O processo envolve lavagem com xampu antirresíduos e aplicação do Felithi Shampoo Liso Sublime. Em seguida, a cabeleira deve ser secada com secador e pranchada, em mechas finas, de sete a dez vezes. Nas madeixas finas e fragilizadas, a marca indica o uso, também, da máscara It’s Three Minutes nas pontas. Para melhor resultado, antes de finalizar, deve ser usado o Felithi Full BB Cream antes do secador, nos fios úmidos. A manutenção em casa é feita com a linha Extreme Liss.

AGI ONE, S’OLLÉR BRASIL

novos-protocolos-SOLLER

Tratamento profundo para cabelos volumosos, que promete deixá-los lisos em apenas uma aplicação. A marca inova e apresenta três opções. “O grande diferencial é a técnica do co-wash, que limpa sem agredir e ainda realinha o fio”, diz Fátima Riello, técnica.“Na formulação está Seridefrizz® Intense, um sistema de nanopartículas poliméricas que, sob ativação térmica, cristaliza a superfície da fibra, realinhando e hidratando-a”, diz Fátima. Com essa premissa, há o Agi One Sérum, para obtenção do efeito “desmaio” para madeixas grossas e rebeldes; o Agi Co-Wash, para volumosas e com frizz, com long lasting liss; e Agi One Co-Wash Violet, para loiros e com mechas, pois funciona como matizador. Após lavar com xampu antirresíduos, aplica-se o produto. A ação se dá em 20 minutos. Depois, a cabeleira deve ser secada com secador e pranchada de sete a dez vezes. Na manutenção, xampu e condicionador Maintenance Agi One e Thermo Controls para aumentar a durabilidade do realinhamento capilar.

HIGH LISS, TRUSS

novos-protocolos-truss

Reconstruir o fio e ao mesmo tempo alinhar as fibras. Eis a missão dessa linha em duas versões: para cabelos virgens ou coloridos e para loiros coloridos, com luzes ou reflexos (High Liss Blond), que conta com pigmentos antiamarelamento. Em ambos, uma tecnologia selante obtida com a união de aminoácidos biocompatíveis e nanoproteína ácida permite a alteração progressiva da estrutura capilar, colaborando, também, para hidratação, nutrição, penteabilidade, brilho e movimento da cabeleira. A fórmula conta, ainda, com soft amid, kerahair e amazon gloss, que reduzem a estática e o efeito fly-away. “High Liss é um tratamento redutor de volume e frizz, com ação progressiva. Conforme o processo é repetido, as madeixas ficam cada vez mais lisas”, conta Gisele Quintino, técnica máster da Truss. Segundo ela, o produto é indicado para todo tipo de fio e pode ser utilizado em crianças e mulheres grávidas. “Ele tem pH bem baixo, por volta de 2, e alisa por acidez, sem um ativo específico”, explica. Compatível com coloração e luzes, só pede um espaço de uma semana entre a realização de um e de outro.

 

Texto: Carmen Cagnoni (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Divulgação