Começa na Holanda o L’Oréal Business Forum 2015

31/05/2015 | Patricia Santos

A primeira parada da edição 2015 do L’Oréal Business Forum é a cidade de Amsterdam, capital da Holanda. Lá um grupo com mais de 100 profissionais cabeleireiros estão reunidos para o encontro anual promovido pela L’Oréal Professionnel junto a seus parceiros.

Para abrir o encontro, os convidados participaram de uma rodada de negócios para lá de enriquecedora com debates comandados por grandes especialistas em negócios de beleza do Brasil como Andrezza Torres (Sebrae), José Augusto Santos (Associação Brasileira dos Salões de Beleza), Ulisses Teixeira e Mikael Henri (L’Oréal Profissionnel), Richard Klevenhusen (Instituto L’Oréal Professionnel) e Márcio Michelasi (Sindicato Pró-Beleza). Os palestrantes estimularam a discussão dos rumos da profissão dos cabeleireiros e da perspectiva dos negócios nos salões de beleza no Brasil.


Rosangela Barchetta, sócia da rede Studio W, e Mikael Henri, CEO da L’Oréal Profissionnel no Brasil

A L’Oréal Professionnel apresentou duas iniciativas voltadas para aprimorar o trabalho dos cabeleireiros. A primeira é a renovação das bases de comunicação com o profissional que já passam por dois projetos: o portal Segredos de Salão, e o Salão Emotion, nova proposta de atendimento com experiência de valor do início ao fim de qualquer serviço executado ou visita ao local para uma compra de produto, por exemplo. Ambos estão em andamento sob o comando da diretora de comunicação da companhia, a executiva Cristina Borges. A segunda é o manifesto Color Love que traz o mote “A cor é o que nos move”. Trata-se de uma valorização do serviço de coloração e do profissional colorista.

Outro grande tema abordado durante o dia foi a importância da conscientização da classe quanto à PL 5230/2013, projeto de lei que tem como objetivo regulamentar o trabalho autônomo de profissionais de beleza nos salões de todo o País. José Augusto Santos, presidente da Associação Brasileira dos Salões de Beleza, apresentou o projeto e falou sobre a importância de se desenhar novos modelos de negócios para empreendimentos do setor.


Deise Garcia (ao centro), diretora de redação da Cabelos&cia, entre a comissão que apoia o PL 5230/2013.


Tags: