Da balayage ao denim: dicas para mechas sob medida

04/07/2016 | Patricia Santos

As mulheres são únicas em estilo, atitude e comportamento. As mechas também. Quando o assunto é cliente, levar em conta suas características físicas tornou-se básico. Cabeleireiro esperto sabe que é necessário avaliar outros quesitos. Muito além da idade, ganha quem souber identificar em qual categoria de comportamento sua clientela se encaixa. Dizer se, dentro da moda, ela é clássica, fashionista ou trendsetter (que adora ditar moda)!

E acredite, cada uma delas tem gostos e preferências diferentes no quesito mudança de visual! Por isso mesmo, criamos um espaço neste Guia de Coloração só para falarmos das mechas indicadas para o perfil delas. “Ah, mas isso é apenas um detalhe”, você pode pensar. Pois reconsidere. Afinal, é assim que os experts constroem sua fama: com looks sob encomenda!

mechassobmedida-atrobing

Rosie Huntington-Whiteley

 

AS CLÁSSICAS
São aquelas clientes que não gostam de mudanças radicais. Querem um novo cabelo, mas não topam uma grande transformação. No máximo, uma alteração sutil. O top hairstylist João Bosco, do Marcos Proença Cabeleireiros, unidade Vila Nova Conceição (SP), indica duas técnicas que caem como uma luva para ela.

Balayage

Fez muito sucesso uns anos atrás e voltou com tudo nas últimas temporadas. A balayage, que pode ser feita em todos os comprimentos e texturas de cabelos, consiste, basicamente, em fazer os reflexos com mechas médias, que saem direto da raiz. A cantora Jennifer Lopez e a modelo Chrissy Teigen são fãs.

mechassobmedida-balayage

A balayage moderna da modelo Chrissy Teigen

 

Por que elas gostam?
“Normalmente, a cliente clássica é adepta dos reflexos tradicionais saindo desde a raiz”, diz João. Na balayage, isso também acontece, porém, as mechas ficam mais largas e marcadas.
Qual o tom ideal?
São aqueles que se aproximam da cor original do fio. “Ao criar duas ou três nuances mais claras, o cabelo fica superiluminado e sem parecer artificial”, comenta.
Como fazer?
Para criar um visual mais clássico, as highlights devem sair da raiz do cabelo. “O segredo para esse efeito é selecionar mechas largas e criar duas ou três tonalidades diferentes nas madeixas”, explica João. Para o sucesso do resultado final, é importante controlar a revelação das cores na oxigenada.

Cinnamon Swirl

Significa, literalmente, “redemoinho de canela” e é inspirado em um doce comum nos Estados Unidos, uma espécie de donut em formato de rolinho. No cabelo, são mechas em tons quentes, próximos ao canela, claros e escuros – e bem marcadas! –, que aumentam sua intensidade até chegar às pontas. A modelo Natalia Borges, cliente de Ryan Pearl (cabeleireiro do salão Cutler, em Nova York, que inventou esse protocolo), ama esse estilo.

 

mechassobmedida-cinnamon

Por provocar mudanças sutis no visual, o estilo Cinnamon Swirl ganhou adeptas como Gisele Bündchen

 

Por que elas gostam?
O estilo altera o visual um pouco, mas não muito. A diferença está na técnica bem marcada. “A vantagem em utilizar essa terminologia nas clientes clássicas é a facilidade de compreensão e visualização do resultado final proposto”, afirma João. Ou seja, fica mais fácil para ela aceitar a ideia.
Qual o tom ideal?
De novo, são aqueles que se aproximam da cor original do fio. “Um exemplo é criar no cabelo com fundo escuro dois ou três tons mais claros com mechas largas”, diz. Nesse caso, pode ser usado com a variação de caramelo, chocolate, cappuccino, entre outros.
Como fazer?
A raiz do cabelo é reservada, cerca de 1 cm. Depois, são feitas as nuances, que devem chegar a um tom de loiro dourado acobreado e loiro claro dourado acobreado. Por fim, comprimento e pontas devem ganhar nuances de loiro acobreado e loiro muito claro dourado.

 

AS FASHIONISTAS
Elas encaram qualquer transformação, desde que o look já esteja na moda e tenha sido inspirado em alguma famosa. O top hairstylist Douglas Dias, do Studio W Alphaville (SP), recomenda duas técnicas poderosas para conquistá-las para sempre.

 

Splashlights

Imita o efeito de um raio de sol apenas em uma faixa dos cabelos, na altura das orelhas. É como se a luz solar iluminasse partes da cabeleira ora com intensidade, ora com suavidade. O ideal para aplicar essa técnica são as madeixas médias e longas. “Assim, os pontos ficam em evidência”, explica Douglas. As atrizes hollywoodianas Jessica Biel, Katharine Hope McPhee e Mila Kunis são fãs ardorosas do estilo.

mechassobmedida-splahslights1

As atrizes Mila Kunis e Jessica Biel são adeptas das Spalshlights

 

Por que elas gostam?
Essa tendência nasceu como um visual fantasia e foi adaptado para as fashionistas em uma versão soft. “Quando ofereço essas mechas, procuro fazer alterações para que a cliente saia satisfeita”, afirma.
Qual o tom ideal?
Este é um caso que deve ser combinado antes com a cliente fashionista. Pode ir desde o dourado até um acinzentado. Vai depender do gosto (e também da pele) de cada uma. “Para aquelas que não quiserem ousar muito, use uma nuance amadeirada.”
Como fazer?
A versão soft implica construir pontos de luzes que se iniciam na altura da orelha. “Eu procuro variar os tamanhos, espessuras e distâncias das mechas sem a marcação das highlights clássicas”, afirma Douglas. Segundo ele, essa dica cria um ar mais moderno e destaca áreas estratégicas com suavidade.

 

Oil Slick

Essas mechas lembram as cores de uma mancha de óleo, daí o nome. “São tons fantasia para clientes morenas e modernas que querem chegar no visual arco-íris sem precisar descolorir as madeixas”, explica Neiva Pena, do Essencial Hair Clinic (SP). A musa e cantora Kate Perry já usou o cabelo assim.

 

mechassobmedida-oil-slick

As mechas Oil Slick imitam o efeito de manchas de óleo

 

Por que elas gostam?
As morenas não precisam descolorir a cabeleira para conseguir esse look arco-íris super in e descolado!
Qual o tom ideal?
“Normalmente, são feitos com duas nuances vibrantes, como roxo e pink ou azul e verde”, comenta. Nem pensar em tons pastel.
Como fazer?
Se o cabelo já tem mechas, basta aplicar o tonalizante colorido. Mas se for um castanho natural, a top colorista Aura Friedman (que foi quem criou o Oil Slick) ensina a aplicar as cores fantasia do topo para as pontas. “Assim, você consegue essas tonalidades iridescentes nas morenas”, declarou em suas redes sociais.

 

Mechas Strobing

O nome “hypado” foi inspirado na técnica de maquiagem que consiste na aplicação do iluminador para valorizar os traços do rosto. Como na essência do procedimento, são highlights claras de diversas larguras espalhadas em pontos variados das madeixas. Ideal para clientes com cabelos médios a longos. “Evite fazer naqueles com texturas porosas e muito escuras, pois pode danificar o fio”, explica Douglas Dias. As modelos Martha Hunt, Rosie Huntington Whiteley, Karlie Kloss e Gigi Hadid desfilam em tapetes vermelhos com as madeixas iluminadas assim.

 

mechassobmedida-atrobing1

O estilo Strobing é o queridinho da vez de Martha Hunt e Karlie Kloss

 

Por que elas gostam?
“Não é uma técnica padronizada, podendo ser aplicada de acordo com o rosto e o tom de pele da cliente. Por ser versátil, combina com todas”, afirma Douglas.
Qual o tom ideal?
Você tem liberdade para brincar com a paleta de cores. “Pode deixar em várias tonalidades, até mesmo na nuance amadeirada para as menos ousadas”, explica.
Como fazer?
São mechas finas, médias e largas em toda a cabeça, feitas à mão livre. “Organize-as em uma distância maior que as clássicas, aparentando no resultado o fundo mais natural”, diz. O cabeleireiro ainda lembra que, no contorno do rosto, são criadas duas camadas de highlights finas. “É para suavizar a expressão”, comenta. O acabamento na raiz deve ser esfumado para ganhar um sombreado, contrastando com o iluminado nas pontas e no perímetro da face.

 

AS TRENDSETTERS
É aquela parcela da clientela mais ousada, que adora inventar moda para lançar suas próprias tendências e, claro, ser imitada. Inovar é com elas mesmas! AS hairstylist Neiva Pena elenca as mais novas técnicas para agradar a essa cliente exigente. “Estes protocolos se destacam mais em cabelos médios e longos”, afirma. E podem ser aplicados em lisos, ondulados, cacheados e crespos.

 

Denim Hair

As it-girls internacionais do Instagram, como @stylerange, @suaamoa, @shadyondeck, estão babando nessa moda das mechas com tonalização em tons de índigo, a cor do jeans. Aqui, o “X” da questão é a cor e não o tipo de luzes. As nuances podem ser aplicadas em degradê, nas splashlights, nas strobing, etc.

 

mechassobmedida-denim

Denim Hair imita o efeito do jeans nas madeixas

 

Por que elas gostam?
Essa onda está dentro da moda arco-íris, mas tem uma pegada mais chique, descolada e elegante.
Qual o tom ideal?
É um azul desbotado em mechas bastante claras. Se sua cliente tem um perfil mais jovem, você pode sugerir uma mescla de mechas azuis com granny hair (acinzentado).
Como fazer?
É feito com descoloração e tonalização com cores fantasia, uma mistura de azul-claro e azul-escuro. “É aplicado o pigmento puro em cada mecha”, afirma Neiva. Segundo ela, em alguns cabelos, são colocadas várias nuances, como, por exemplo, um cinza e dois tons de azul. Cada um deles em uma mecha. “Essas colorações vêm prontas, a maioria das marcas não mistura nem com OX. São apenas pigmentos.”

 

Texto: Geiza Martins (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Shutterstock e reprodução internet