De vendedora à dona do Spa das Sobrancelhas: conheça a trajetória de Jane Muniz

A fundadora da rede de beleza, que possui mais de 300 unidades, conta como conseguiu criar o negócio de sucesso

25/04/2017 | Camila Miranda

A empresária Jane Muniz, 37 anos, é dona do Grupo Beauty, uma junção de sete marcas, incluindo o Spa das Sobrancelhas, que conta com mais de 300 franquias.  Ex-moradora da comunidade do Fubá, na zona norte do Rio de Janeiro, Jane Muniz teve uma trajetória nada fácil. No início da carreira, ela era vendedora em uma perfumaria e ainda não entendia do mundo da beleza. “Antes eu lavava o cabelo com sabão de coco. Não tinha ideia da importância de um condicionador”, conta. Mas, aos poucos, Jane foi entendendo como funcionava o uso dos cosméticos e a tecnologia de cada produto. À partir desse conhecimento, ela e seu marido, Marko Porto, resolveram fazer cursos de cabeleireiro para conseguirem abrir o próprio negócio.

jane-muniz

A empresária e dona do grupo Beauty, Jane Muniz

Na época, ela tinha apenas 19 anos e mesmo assim não teve medo de arriscar. Com um investimento de 8 mil reais, abriu seu primeiro salão de beleza. Como o estabelecimento já dava um atendimento especial às clientes que queriam tratar as sobrancelhas, a empresária e o marido perceberam  que a grande busca pelo serviço, que tem baixo custo, poderia trazer frutos ao novo empreendimento.  “Foi aí que tive a ideia de criar um estabelecimento dedicado à valorizar o olhar. E assim, vendi meu salão e criei o Spa das Sobrancelhas”.  Em vez de uma loja, ela e o marido se mudaram para duas salas comerciais. Depois de um ano, surgiu a primeira filial. Em seis anos, o negócio cresceu tanto que está em quase todos os estados do Brasil.

spadassobrancelhas

O Spa das Sobrancelhas faturou em 2016 mais de R$ 90 milhões

“Foi uma trajetória de muito aprendizado. Fui do zero ao milhão em questão de pouquíssimos anos, mas não pense que não houve derrotas nesse período. Acredito que esses tombos me fizeram mais forte ao se tratar dos negócios e dos caminhos que devo seguir como empreendedora. Estou feliz onde estou agora, mas nunca acomodada. Tenho muito a crescer porque minha paixão pela beleza é enorme e não envolve apenas sobrancelhas”, diz.

A empresária ainda quer expandir o Spa das Sobrancelhas pelo Brasil. “Quero transformar o Instituto Muniz Porto, Centro Técnico do Spa das Sobrancelhas, em referência em formação em beleza e, principalmente, visagismo facial. Vislumbro também que o país comporte mil unidades do Spa das Sobrancelhas. ”

Para as jovens negras e pobres, como Jane já foi um dia, ela manda um recado: “foi difícil crescer sendo julgada pelos cachos do meu cabelo e gostaria que, como eu, essas meninas nunca deixassem de acreditar em seus sonhos e na sua força. Persistir é preciso”.

 

Fotos: Divulgação Black Empreendimentos