Detox capilar: as novidades no serviço para adotar no salão

Além da técnica clássica, outras variações para agregar ainda mais benefícios ao protocolo. Conheça algumas delas

29/08/2017 | Redação

Além da técnica clássica (lavagem com xampu antirresíduos, esfoliação e hidratação), cada vez mais surgem variações para agregar ainda mais benefícios ao detox capilar.

Em uma das novas versões, após utilizar esfoliante por todo o couro cabeludo e enxaguar, borrifa-se uma loção refrescante e calmante, seguida de massagem suave e enxágue. “Para finalizar, é aplicado um bálsamo multifuncional no comprimento e pontas. Depois é só secar com secador ou naturalmente”, explica o hairstylistRodrigo Benfica, da Academia Aneethun. Para o especialista, a preocupação com o couro cabeludo é justificada por ser nele onde tudo começa. A sua saúde é refletida na beleza dos fios que, por sua vez, protege o couro cabeludo. Ou seja, a tendência é cada vez mais cuidar de toda a estrutura, afinal, uma depende da outra.

detox capilar novidades no serviço protocolos

Para o especialista Rodrigo Benfica, da Academia Aneethun, a preocupação com o couro cabeludo é justificada por ser nele onde tudo começa

Salões de todo o País têm investido em técnicas inovadoras. No SPA do Cabelo (SP), por exemplo, emprega-se uma solução amolecedora dos resíduos que age por 10 minutos. Ela é seguida pela vaporização de ozônio, que provoca uma vasodilatação. Aí então é realizada uma sucção com aparelho para retirada de restos de produtos, poluição e sebo acumulados.

“Depois, a região recebe uma fórmula à base de dexpantenol (uma provitamina B5 que hidrata, protege, nutre e dá brilho aos fios) e de extrato de romã, responsável por inibir a ação dos radicais livres. Aí, vem a lavagem com xampu de extrato de chá verde, que também é antioxidante e melhora a circulação. Ainda no lavatório, é a vez do fio receber xampu antirresíduos e ômegas 3, 6 e 9 e ceramidas. Para finalizar, aplica-se luz de led azul. Esse passo potencializa a permeação de substâncias para reparar e blindar a fibra”, explica Marcela Buchaim.

PERSONALIZAÇÃO, A PALAVRA-CHAVE

Adaptar o serviço de detox capilar a cada pessoa é o caminho para obter bons resultados. Segundo a dermatologista Mariana Marteleto, da All Clinik Barra da Tijuca (RJ), quando o assunto é limpeza profunda, o cabeleireiro precisa considerar o histórico da cliente. É necessário saber se ela fez uso de produtos químicos, seja colorações ou alisamentos, ou mesmo se há alterações do couro cabeludo, incluindo dermatite seborreica e queda. “Desta maneira, consegue ter uma ideia melhor sobre o acúmulo de resíduos no couro cabeludo”, orienta.

detox capilar novidades no serviço vitaminas

Personalizar o serviço de detox capilar, incluindo vitaminas, por exemplo, pode ser um diferencial e tanto para a clientela

Marcela Buchaim, do SPA do Cabelo (SP) lembra que é preciso observar se o fio está macio ou apresenta sinais de ressecamento e se há pontas duplas ou se a fibra quebra com facilidade. Esta análise colabora na escolha de produtos adequados para a limpeza profunda. “O profissional deve estar sempre atento às necessidades individuais para tratar os problemas com precisão. No SPA Dios, por exemplo, tudo começa com uma anamnese, um formulário que sinaliza os principais aspectos do cabelo, tratamentos realizados e queixas. Assim, trabalhamos diretamente na causa do que não vai bem”, comenta a hairstylist Renata Souza.

 

Texto: Françoise Gregório (CABELOS&CIA BC)
Fotos: Shutterstock