Double Cleansing: limpeza dupla da pele

03/07/2018 | Viviane Sato

Chamada de double cleansing, ou limpeza dupla, o ritual de beleza inspirado nas asiáticas tem a função de remover impurezas e tirar totalmente a maquiagem

Sucesso entre as asiáticas, a técnica double cleansing está ganhando cada vez mais espaço na rotina de beleza das brasileiras. A razão em se tornar parte fundamental dos cuidados com a pele é a promessa de limpeza eficiente.  “O método é muito eficaz para a limpeza profunda da pele. É ideal para peles com excesso de maquiagem. Vale também para os adeptos de filtros solares asiáticos, que são mais pesados e resistentes”, comenta Ana Cristina Martins Ferreira, especialista em dermatologia, da Clínica Mais Excelência Médica.

Double Cleansing: limpeza dupla da pele

Como funciona

Teoricamente a double cleansing é um ritual em dois passos. Utiliza a combinação de dois produtos distintos: óleo de limpeza facial e sabonete ou espuma facial para remoção das impurezas.

Ana Cristina explica que o primeiro passo é o óleo. “Ele tem o poder de ‘dissolver’ a maquiagem, protetor solar, ou mesmo outros produtos de cuidados diários”, relata.

Após massagear cuidadosamente e enxaguar a pele, chega a hora de aplicar a espuma, que irá remover o óleo junto com os resíduos. “Assim a pele fica verdadeiramente limpa. Feito isso, fica preparada para receber seu tratamento diário”, diz.

Entre os benefícios, a especialista destaca que a limpeza com óleo mantém o pH da pele balanceado, conseguindo assim uma limpeza sem agressão. “A pele limpa consegue absorver melhor os compostos dos tratamentos que serão aplicados após a limpeza”, revela. Dessa forma, é possível potencializar a ação dos produtos de skincare.

Double Cleansing: limpeza dupla da pele

Vale para as peles oleosas?

Apesar de contar com a ação do óleo, o método pode ser realizado em qualquer tipo de pele, até mesmo as oleosas. “A técnica mantém a hidratação e o pH da pele. Assim, hidrata a pele seca, e a pele oleosa não apresenta efeito rebote, ou seja, produção desenfreada de sebo para repor o que foi retirado. Além disso, o óleo utilizado dissolve o que está na pele, e depois é removido com a espuma de limpeza, deixando a pele limpa e hidratada”, explica.

Sobre a frequência, a especialista alerta que uma vez por dia é suficiente. “Devemos ter cuidado com os excessos. É natural que a pele produza uma quantidade normal de óleo, para manter suas características. Então devemos respeitar as condições naturais do tecido”, atenta.

Por fim, a double cleansing não anula as sessões de limpeza de pele com um profissional. “Esse hábito traz muitos benefícios. Entre eles, auxílio da renovação celular, fechamento de poros, regulação da oleosidade e da hidratação da pele, e prevenção de quadros acneicos”, conclui.

Fotos: Shutterstock