Especialista dá dicas do que fazer com o saldo inativo do FGTS

Tem um dinheiro extra para receber, mas ainda não sabe no que aplicar? Inspire-se nas ideias do consultor de negócios Rui Mendes

27/03/2017 | Patricia Santos

O saldo das contas inativas do FGTS estão sendo liberados para a população como uma forma de estimular a retomada da economia, que vem sofrendo drasticamente com a crise instaurada no país. Se você é um dos contemplados por essa iniciativa e ainda não sabe o que fazer com o dinheiro extra, aí vão algumas dicas que podem ser bastante úteis.

Mas antes é importante lembrar que temos duas opções de caminhos nesse cenário: o que fazer com o seu FGTS e o como estimular a clientela a usar o FGTS dela no seu salão.

Se a ideia é investir no salão ou no seu próprio futuro, veja alguns destinos saudáveis:

Eliminar dividas: se você tem pendências financeiras, é hora de negociar, aproveite o dinheiro novo para saldá-las e pleitear um desconto. Lembre-se: você não é o único com dívidas, então negocie para pagar bem e acabar com elas o mais rápido possível.

rui-fgts-3

Investir no futuro: nesse caso, o tesouro direto é o investimento mais seguro. As LFT (Letras Financeiras do Tesouro) pós fixadas são as mais seguras e conservadoras. Mas vale lembrar que os bancos cobram taxas abusivas de administração, então, se possível, procure uma corretora independente. É grátis para abrir a conta e a taxa de administração de Tesouro Direto é bem baixa ou até zero.

Investir no salão: aproveite o momento para contratar serviços e negociar melhor móveis e equipamentos, afinal você tem o dinheiro. Você pode, por exemplo, comprar poltronas novas ou restaurar as atuais, trocar as bancadas ou substituir aqueles móveis mais desgastados.

Investir na sua formação: se você estava pensando em fazer aquele curso fora do país, mas o que faltava era o dinheiro, está é a hora! Este, certamente, será o investimento que lhe trará mais retorno.

rui-fgts-4

E como fazer para o FGTS também ter como destino de preferência o caixa do salão:

1 - Crie pacotes de serviços para que você aproveite a nova injeção de dinheiro no mercado. Antes de mais nada você deve conhecer o seu cliente e fazer uma oferta que seja atrativa e de interesse dele.

2 - Pense em chamadas de impacto para estimular os clientes, por exemplo: “Aproveite seu FGTS e garanta um cabelo maravilhoso até ao Carnaval de 2018!”.

3 - Planeje pacotes para fidelizar a clientela: você pode, por exemplo, vender um pacote de 10 hidratações ou 10 retoques de cor e por aí vai…

rui-fgts-2

4 - Promoções menores e mais curtas também são bem-vindas:

– Faça luzes ou coloração + hidratação e ganhe uma esmaltação
– Faça um corte + coloração e ganhe uma manicure completa
– Faça mão e pé e ganhe uma hidratação

Mas preste atenção: cada promoção deve ser estudada caso a caso, quanto ao público para a qual elas serão apresentadas, os custos envolvidos, as margens de lucro e os meios e custos de divulgação.

Mãos à obra e até a próxima!

 

rui-fgts-ruiRui Mendes é um dos maiores consultores especializados em salões de beleza do Brasil. Já prestou consultoria em gestão, marketing e vendas para empresas como L’Oréal, Jacques Janine, Fabrica Salon e Frank Provost, entre outras.

 

Fotos: Shutterstock e divulgação.