Seja solidário e faça doação de cabelo para quem precisa

08/01/2018 | Redação

Ajudar faz bem, tanto para quem recebe quanto para quem colabora. E o salão de beleza pode ser um centro difusor dessas ações com a doação de cabelo. Veja profissionais e clientes que se engajam nessa causa!

 

Há três anos, o beauty artist Ricardo Moreno, do espaço RM Trends, no Esmell Leblon (RJ), decidiu deixar seu cabelo crescer. E por uma boa causa: fazer uma doação de cabelo para a Fundação Laço Rosa. A entidade resgata, por meio de doação de perucas, a autoestima de pacientes com câncer. O cabeleireiro passou a usar rabo de cavalo e coques enquanto as madeixas alongavam. “É muito bom um profissional de salão, que tem um papel engajador, mostrar esse exemplo. E ainda falar sobre a ação com as clientes, isso vira uma corrente”, afirma Marcelle Medeiros, presidente da fundação.

Dessa vez, os fios são dele. “Ricardo é um querido. Ele já abriu suas portas em outros momentos para nos ajudar”, recorda-se. Marcelle acredita que essas atitudes podem influenciar em políticas públicas. A organização tem como metas para o futuro continuar na defesa dos direitos dos pacientes com câncer de mama. A perda da cabeleira durante o tratamento de quimioterapia mexe muito com a autoestima, é um dano cruel para quem já sofre com a doença. Devolver a aparência anterior é um estímulo forte para que a luta pela recuperação continue.

“O cabeleireiro não deve se desfazer dos fios da cliente, jogando-os no chão. O ideal é fazer aos poucos o trabalho de coleta”, aconselha Ricardo Moreno, que criou o hábito em sua rotina. Se alguém quer uma transformação de longo para médio ou curto, ele logo conversa sobre a possibilidade de doação de cabelo.

Esse cuidado também é tomado pelo supercabeleireiro Neandro Ferreira, que divide sua vida profissional entre Londres, Rio de Janeiro e São Paulo. Uma de suas clientes, a atriz Débora Duboc, estava com as madeixas longas e quis mudar. Neandro fez um bob desconectado e, juntos, os dois doaram aquilo que muitos costumam desperdiçar. “Vivemos num momento de reciclagem, de pensar no outro, no planeta e no futuro”, diz o hairstylist.

Neandro Ferreira e a atriz Débora Duboc

Tutorial da doação de cabelo

O cabeleireiro que quiser participar e incentivar a doação de cabelo deve entrar em sites de organizações sem fins lucrativos e fundações, como a Laço Rosa, no Rio de Janeiro; a Rapunzel Solidária, em São Paulo; ou a Cabelegria, também na capital paulista, que doa perucas para crianças com câncer.

 

Pode qualquer cabelo?

Sim, com textura crespa ou lisa, grisalho ou com coloração. Não importa. Mas para o aproveitamento, é preciso que esteja lavado e a mecha tenha pelo menos de 15 a 20 cm de comprimento (veja as regras no site de cada organização).

 

Como executar o corte?

Prenda um elástico na altura desejada e corte de 1 a 2 cm acima dele. Guarde o feixe num saco plástico seco. No caso da Laço Rosa, para onde o cabeleireiro Ricardo Moreno enviou suas madeixas, é preciso fazer um cadastro no site que irá gerar um código a ser colado na embalagem com as mechas. Depois, deve ser enviada para o endereço indicado. A plataforma #Fortalizese, da fundação, já recebeu mais de 13 mil doações e qualquer pessoa consegue participar. “É importante que a entrega seja feita para um instituto com uma cadeia estruturada para que os fios se tornem perucas. O profissional deve conhecer a organização e verificar as regras”, afirma Marcelle Medeiros.

 

O que acontece depois?

Quando os fios chegam à fundação, voluntárias fazem a triagem e encaminham para o projeto Força na Peruca, também da Laço Rosa, no qual alunos aprendem a confeccionar perucas, tornando-se profissionais para o mercado. O que eles produzem volta para a sede e é encaminhado para doação. Os pacientes com qualquer tipo de câncer escolhem, pelo Banco de Perucas OnLine, a foto da cabeleira que mais gostar. O presente é entregue na residência de forma gratuita, graças a parceiros que ajudam na entrega. Semanalmente, o banco é abastecido com 300 a 400 novos modelos.

 

doação de cabelo

As mechas de Ricardo Moreno

ONDE DOAR

Veja alguns lugares que recebem doação de cabelo. Mas você também pode procurar em sua cidade via internet!

 

Amor em Mechas

Entrega: pessoalmente

Inf.: (11) 98269-7000

 

Instituto do Câncer do Estado de São Paulo

Entrega: por correio ou pessoalmente

Inf.: Av. Dr. Arnaldo, 251, Cerqueira César, São Paulo, SP, CEP: 01246-000

 

Rapunzel Solidária

Entrega: por correio

Inf.: Caixa Postal 57.007, São Paulo, SP, CEP: 04089-972

 

Cabelegria

Entrega: por correio ou pessoalmente

Inf.: Caixa Postal 75.207, São Paulo, SP, CEP: 02415-972 ou Rua Santa Marcelina, 177, São Paulo

 

Fundação Laço Rosa

Entrega: é preciso gerar um código no site e enviar por correio

Inf.: Caixa Postal 11.070, Rio de Janeiro, RJ, CEP: 20230-970 ou

 

Cabelaço

Entrega: por correio

Inf.: Caixa Postal 58, Canoas, RS, CEP 92010-300

 

Hospital Mário Penna – Bazar das Voluntárias

Entrega: pessoalmente

Inf.: Av. Churchill, 230, Santa Efigênia, Belo Horizonte, MG

 

Texto: Fátima Telles

Fotos: Virna Santólia e Gustavo Morita (Neandro Ferreira e Débora Duboc)