O mapa das loiras Parte II: regiões sul e sudeste do Brasil

01/12/2015 | Patricia Santos


Você já conferiu quais são as preferências da clientela nas regiões norte, nordeste e centro-oeste do Brasil. Agora, top coloristas das regiões sul e sudeste revelam as tendências que fazem a cabeça das suas clientes quando a assunto é a loirice das brasileiras. Veja a seguir!  

SUL
Fios bem mais claros, inclusive para loiras originais, esta é a tendência na região

“Bege dourado ilumina sutilmente comprimento e pontas e combina com o bronzeado do verão. Com mechas californianas em divisões circulares, seguindo a circunferência da cabeça para melhor projeção da cor, e tonalização, obtêm-se o tom desejado e uma qualidade cosmética do fio. Essa tendência é ideal para mulheres modernas que não desejam um loiro monocromático.”
Nilton Barros e Antonio Crizel, Hair Tech – Pelotas (RS)


“Por conta da colonização alemã e italiana, encontramos no Sul até o loiro sueco autêntico. E o desejo da clientela é sempre pelos tons mais claros e naturais. A tendência da moda para as gaúchas aponta para os esfumados na área do crescimento e claros no meio e nas pontas, em tons de bege ou acinzentado.”
Dimi Raphaelli, Hugo Beauty – Porto Alegre (RS)

“As gaúchas querem ser ainda mais loiras, é o que vemos no dia a dia do salão. Nossa aposta para o verão é a customização e busca de naturalidade, com clareamentos que podem começar na área de crescimento, porém em degradê orgânico de tons quentes e brilhantes. Uma possibilidade é combinar a técnica das mechas free hand (à mão livre) com a foiling (que usa separações na diagonal e na horizontal). Para as fashionistas, cabelos coloridos em tons pastel como verde, azul, violeta e rosa.”
Alexandre Pessuto, Top Hair – Porto Alegre (RS)



SUDESTE
Luzes fininhas, em dourado ou platinado, misturam-se aos nudes

De maneira geral, as mineiras são mais tradicionais e cautelosas com relação ao que fazer no cabelo. “O hit do momento são as babylights, mechas fininhas e discretas feitas com o objetivo de iluminar os cabelos da forma mais natural, independentemente do tom. Elas começam a 5 cm da raiz e são associadas ao ombré hair. ”
Dierley Rodrigues, Espaço DR – Belo Horizonte (MG)

“Podemos apostar no loiro platinado e highlight, com a raiz mais natural, ou seja, com reflexos bem claros do meio para as pontas e a raiz escura e mel. Costumo ter o que chamo de ‘papo de cadeira’ com minhas clientes. É quando reforço que cuidar dos fios deve ser um hábito preventivo. Não dá para esperar o cabelo ficar com uma aparência horrível para cortar ou tratar.”
Claudio Miguel, CMHD – Rio de Janeiro (RJ)


 
“O sombré hair deve continuar em alta na temporada primavera-verão. Só para lembrar, são aquelas luzes fininhas, feitas da raiz ao comprimento num efeito sombreado. A cor vai clareando gradualmente até as pontas, sem uma linha de demarcação. Nas clientes em dúvida sobre qual look adotar, indico o ‘nem loira, nem morena’. É o bronde hair, que consiste em manter a cor natural dos fios, com fundo e raiz escuras e mechas mais claras, em caramelo, por exemplo.”
Juha Antero, MG Hair Design – São Paulo (SP)

“A predominância dos loiros deve recair sobre bege, areia, perolados e dourados, mantendo a raiz escura ou natural. Mechas ou luzes blend também marcam presença, numa mistura de tons claros que promete agradar a todas as mulheres, pois favorece comprimentos e texturas diferentes. A proposta é ser mais suave do que o costume.”
Camila Pereira, Walter’s Coiffeur Plaza Shopping – Niterói (RJ)

“Fios cada vez mais claros, eis o maior pedido das clientes antenadas com as tendências. E esse loiro-claro vem em diferentes nuances, tanto na cor total do cabelo como em pequenas luzes. O platinado pode parecer, ainda, mesclado com tons coloridos. Outra característica da temporada é a volta das mechas livres, feitas sem papel-alumínio, e que proporcionam um efeito natural.”
João Franco, Studio João Franco – Guarulhos (SP)

Texto: Annamaria Aglio (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Divulgação