Studio Lorena recebe o selo Beleza Verde

23/11/2017 | Katia Deutner

O selo Beleza Verde é entregue para os empreendimentos concebidos de maneira sustentável, sem degradação de recursos naturais ou nos quais os resíduos não irão causar dano

Reciclagem é primordial. Principalmente em tempos de preocupação com o meio ambiente e com o mundo que vamos deixar para os nossos filhos. Plásticos de embalagens e produtos químicos utilizados em tinturas são nocivos ao solo e a saúde. Mas eles podem – e devem – ser descartados de maneira correta.

Os produtos eliminados pelos estabelecimentos de beleza devem ser encaminhados para empresas especializadas na reciclagem desse tipo de lixo. Se jogados fora de forma incorreta, podem contaminar o solo dos aterros sanitários e o os lençóis freáticos. Isso gera um dano irreversível a um dos nossos maiores bens na terra: a água potável.

beleza verde

O selo

Foi pensando nisso que o Studio Lorena, em São Paulo, elimina os itens de forma correta. Sem agredir a natureza ou desperdiçar materiais e recursos. Por esta postura e cuidado, eles receberam agora em novembro o selo Beleza Verde. Uma estampa utilizada para os empreendimentos concebidos de maneira sustentável. Sem a degradação de recursos naturais ou nos quais os resíduos não irão causar dano.

“Acreditamos que cada um de nós pode fazer a sua parte para um futuro melhor. Os resultados desta consciência ficarão gravados como um presente para as futuras gerações. A mudança vem de cada um de nós, a partir de nossos hábitos e consumo”, comenta Fernanda Queiroz, proprietária do Studio Lorena. “Fazer o que é certo, se cada um fizer a sua parte, teremos um mundo melhor. Estou pensando no que deixaremos para as gerações”, diz. Durante a entrega, Fernanda Queiroz anunciou publicamente a adesão ao programa concebido pela empresa Dinâmica Ambiental, líder no segmento de engenharia reversa.

beleza verde

Claudete Matte (diretora comercial da Davines), Fernanda Queiroz (sócia do Studio Lorena), Carlos Rodrigues (consultor ambiental da empresa Dinamica Ambiental) e André Tomita (sócio da distribuidora Marukom)

 

A parceria

Davines, marca italiana, acredita que é possível viver em equilíbrio entre beleza e sustentabilidade. A mais nova iniciativa da marca no Brasil atende à essa demanda. A ideia é otimizar a gestão ambiental dos salões ao firmar parceria com o projeto Beleza Verde, da empresa Dinâmica Ambiental. Nele, os salões Davines recebem um representante do projeto. Ele indica que mudanças o estabelecimento pode realizar para se tornar um salão sustentável.

O selo Beleza Verde faz parte do programa que impõe políticas e práticas relacionadas a serviços, produtos e meio ambiente. O Studio Lorena recebeu treinamento especializado e apresentou evidências que atestassem a veracidade dos resultados e a destinação dos resíduos.

Para manter o selo, o salão passará periodicamente por auditoria para provar o avanço de práticas e políticas de sustentabilidade. Caso contrário, perderá a concessão do selo Beleza Verde. “As metas devem ser sempre superadas e isso gera grande comprometimento por parte dos funcionários”, diz Hélio Makoto, diretor executivo da Dinâmica Ambiental.

beleza verde

Fotos: divulgação