Técnicas e produtos para uma coloração eficiente

15/03/2017 | Patricia Santos

O verão está chegando ao fim e a clientela já está tomando os salões com os mais diferentes tipos de reclamação, de um cabelo amarelado ou com a coloração desbotada a outros problemas até mais complexos. Você sabe como agir nessa hora? Veja a seguir dicas e produtos para arrasar nos serviços!

correção-de-cor-3

O mundo está em constante evolução, em especial o da beleza e, mais especificamente, nos produtos e serviços oferecidos no salão. Diferentemente do passado, acertar o que está errado na cor pode ser realizado de uma vez só – e não em etapas –, sem prejudicar a saúde capilar. “Na maioria das vezes, os problemas surgem por erro. Ou faltou qualidade técnica do profissional, ou a própria pessoa fez a transformação em casa”, comenta Rodrigo Gimenes, diretor técnico da Academia Ondina, em Campinas (SP), e da Intercoiffure Brasil.

TÁTICAS BÁSICAS
Segundo o hairstylist, há três métodos de correção que podem ser empregados pelo cabeleireiro. A mais clássica consiste em devolver o fundo natural às madeixas, combinando com mechas. “Enquanto contorno e pontas são descoloridos, a cor original é aplicada junto à raiz”, detalha ele, afirmando que o método funciona muito bem para loiros. Outra, a mais fácil de todas, compreende o escurecimento dos fios. Ou seja, espalha-se uma tonalidade escura para cobrir manchas e nuances indesejadas. A limpeza de cor, uma releitura da clássica decapagem, é o terceiro modo de corrigir falhas. “Primeiro, usa-se descolorante nas partes mais escuras e depois nas claras, e assim sucessivamente. É muito utilizada no trabalho com avermelhados, pois o tom revelado no procedimento aproxima-se desses”, explica Rodrigo Gimenes, ressaltando que não se trata de uma descoloração global.

correção-de-cor-5

SOLUÇÕES FOCADAS
Se por um lado praticamente todos os defeitos são corrigidos, de outro, nem todas as cabeleiras podem ser submetidas à correção. “Caso o cabelo esteja fragilizado, danificado demais, não dá para passar por outra química. Antes, é preciso cortar e tratar da fibra capilar com produtos reconstrutores de alto impacto, formulados com queratina e aminoácidos”, recomenda o diretor da Academia Ondina. Raiz transparente é um dos problemas que podem aparecer na coloração, resultado do uso de produto inadequado (se houver mais de 70% de grisalhos, por exemplo, o tonalizante não costuma ser indicado), ou do modo de aplicação errado (ao ser puxada para as pontas, a tinta é retirada da raiz e não fixa) ou do tempo de pausa insuficiente para a ação do cosmético colorante. “Se não pegou, é necessário refazer o serviço, passar novamente o cosmético”, avisa Rodrigo Gimenes, lembrando das medidas  antitransparência (veja mais adiante). Já se surgirem tons indesejados, principalmente alaranjados e amarelados, é preciso colocar em prática os fundamentos da colorimetria. “A tonalidade do cabelo é somada àquela que será aplicada, então o profissional deve dominar a ciência das cores e a Estrela de Oswald”, indica o diretor técnico da Intercoiffure Brasil. Isso implica conhecer também altura de tom, fundo de clareamento e cor original, ou natural, sabendo-se que esta última se dá em função dos melanócitos (células responsáveis pela fabricação dos pigmentos naturais denominados melanina). “Para o bom resultado nos procedimentos de coloração e descoloração, o colorista deve analisar esses diagnósticos e identificar a cor natural”, enfatiza Josi Barroso, supervisora técnica da Itallian Hairtech.

correção-de-cor-2

MEDIDAS ANTITRANSPARÊNCIA
Para não errar na hora de colorir cabelos brancos, atenção ao cosmético utilizado e às medidas-padrão indicadas pelo fabricante. Abaixo, Rodrigo Gimenes aponta as básicas. “O diagnóstico e a volumagem do oxidante usados também contam nessa hora, pois alguns fios são mais resistentes à coloração, têm dificuldade de absorver pigmentos”, complementa Josi Barroso.

BEABÁ DA COLORIMETRIA
A ciência que estuda as cores, denominada colorimetria, divide-as em três categorias:

correção-de-cor-4

PRATELEIRA CORRETIVA
Produtos para usar antes, durante e depois de colorir os fios

correção-de-cor-produtos-1

1. Mutari Progress Color, Mutari: sem amônia, vem nas opções Blond Matizador e Red e Brown Tonalizantes. 2. Truss Color Permanente: disponível em 63 tons, coloração elaborada com queratina, óleo de buriti e frações de óleo de soja. 3. Royal Blond, Olenka: spray de correção de cor enriquecido com pigmentos de blueberry e óleo de cálamo.

correção-de-cor-produtos-2

4. Aminoplex Revive, Aneethun: linha antidanos que repõe lipídios e massa capilar, preservando os fios em processos químicos. 5. Bond Fusion, Keune: sistema que protege, reforça e renova as madeixas durante coloração e descoloração. 6. Platinum Light, Felithi: pó ultrafino e dust free, elimina tom indesejado ao mesmo tempo em que descolore.

correção-de-cor-produtos-3

7. Sempre Loira, OP Beauty: máscaras que hidratam e repõem massa enquanto matizam, destaque para Hydramatt Pérola Blond. 8. Starcolor Reveal, Salon Embelleze: tintura creme com pigmentos micronizados e baixo teor de amônia. 9. Itallian Color Superclareador, Itallian Hairtech: indicado para clarear até cinco e seis tonsquando usado com acentuador de clareamento.

correção-de-cor-produtos-4

10. Super Matizador Violeta, Red Iron: gel condicionante de ação instantânea e neutralizadora de amarelados. 11. Bond Angel, Braé: protege contra danos e quebras, permitindo chegar ao loiro platinado ou outro resultado de transformação química. 12. Matize Profissional, Lusty:composto por xampu, condicionador e máscara, o kit é indicado como matizador e desamarelador de loiros, descoloridos e grisalhos.

correção-de-cor-produtos-5

13. Nutri Color Creme, Revlon Professional: máscara de hidratação instantânea com pigmentos que realçam a cor das madeixas. 14. Corative Color, De Sírius: com tecnologia turmalina, nanopigmentos e baixo teor de amônia, em 65 tonalidades. 15. Speed Blue, Hobety: potente pigmentador para transformar rapidamente loiros e grisalhos em nuances platinadas.

correção-de-cor-produtos-6

16. Ye Color Peróxido, Yellow: Água Oxigenada Estabilizada Cremosa de 10 a 40 volumes, disponível em embalagens de 1 litro. 17. Ox Blond Max, Mirra Cosméticos: água oxigenada estabilizada formulada com silicone, que protege os cabelos das agressões. 18. Hi Plex, S’Ollér: cria um filme protetor ao redor do fio, permitindo descolorir sem danificar.

correção-de-cor-produtos-7

19. Blonding Powder, Clairol: com embalagem refil, proporciona até sete níveis de clareamento e pode ser usado em todas as técnicas. 20. Blond Studio, L’Oréal Professionnel: da nova gama de descolorantes, o Multitécnicas clareia até oito tons; já o Freehand, ideal para mechas ao ar livre, até seis.

correção-de-cor-produtos-8

21. DO●HA Plex, DO●HA Professional: uma linha com itens que facilitam a obtenção de platinados sem danificar a fibra. 22. Blondor, Wella Professionals: nas versões Multi ou Soft, garante descolorações e platinados impecáveis.

 

 

 

Texto: Annamaria Aglio (edição de web: Patricia Santos)
Fotos: Shutterstock e divulgação