Top alongamento

08/09/2010 | Patricia Santos

A procura por alongamento no espaço da cabeleireira Sônia Nesi, no Rio de Janeiro, aumentou 80% quando a atriz Taís Araújo apareceu na novela Viver a Vida, da Globo, com um aplique crespo lindo – o que ainda ajudou a desmitificar a ideia de que a técnica só poderia ser feita em lisos ou cacheados. Além disso, o que tem colaborado para o cabelão virar moda é o resultado natural conseguido com o uso dos fios vindos da Índia, dos Estados Unidos, do Canadá e da Europa, a redução no tempo de colocação e as possibilidades de uso. “Hoje, aumentar o comprimento das mechas é apenas o começo: agora é possível criar franjas e novos cortes sem sequer mostrar a tesoura para a cliente, fazer luzes sem usar tintura, aumentar o volume dos mais ralinhos e até preencher falhas causadas por queda capilar”, lista o cabeleireiro Robson Trindade, do Red Door Salon & Spa, em São Paulo. Por essas e outras é que alguns especialistas chegam a fazer até seis alongamentos por dia – o número fica ainda mai


Tags: