Estoque do salão: organize-se e tenha mais lucratividade

02/08/2019 | Monique Abrantes

Administrar o estoque do salão não precisa ser um bicho de sete cabeças quando a palavra-chave é controle

Todo cabeleireiro sabe a importância de ter os produtos que vai precisar no atendimento sempre à mão. Afinal, não conseguimos prever quando uma cliente entrará no salão à procura de determinado serviço. Mais do que isso, os produtos estocados precisam agir: nada adianta estar com as prateleiras repletas de cosméticos ameaçados pelo prazo de validade.

Confira também: Morena iluminada: Romeu Felipe apresenta a coleção Hello Blond

Organizar o estoque do salão só traz vantagens ao dia a dia do profissional: a principal delas é o retorno financeiro, já que produto parado é dinheiro perdido. “Os cosméticos comprados tem que girar, sair. Esse é o movimento do salão. Qualquer coisa estocada é um sinal de alerta de que algo não está acontecendo como deveria”, alerta o economista e sócio-fundador do salão DUO +, de São Paulo (SP).

Por isso, Saulo dá algumas dicas com exclusividade para você organizar o estoque do salão.

Não compre produtos em excesso

Achar que toda promoção que aparece é uma oportunidade, pode ser um engano. Comprar mais do que o necessário se aproxima mais do prejuízo do que do lucro.

Tenha controle do que entra e do que sai

A única forma de saber o que é necessário e o que não é, é através do controle. O controle do que entra e do que sai nos dá o desenho do serviço que estamos vendendo bem e do que não estamos vendendo. Se é necessário fazer alguma ação para movimentar aquele serviço ou se é melhor investir mais em outro. Além disso, faz com que não corramos o risco de ‘faltar’ produto no meio do processo. Para isso, recomendo ter sempre um estoque mínimo para os produtos de maior saída.

Estoque tem que girar

Os produtos comprados tem que sair e fazer receita. Esse é o movimento do salão. Qualquer item estocado e parado há algum tempo é um sinal de alerta.  Alguma coisa não está acontecendo e algo tem que ser feito para acontecer.

Trabalhe com o formato de “doses”

Trabalhar com doses evita o desperdício. Além de proporcionar um melhor aproveitamento, só se usa o necessário para determinado serviço.

Fique atento ao prazo de validade dos produtos

Caso esteja próximo ao vencimento, faça uma promoção. “Produtos fora do prazo de validade são proibidos. Produtos vencidos devem ser descartados. Descartar produtos é um desperdício, portanto recomendo estar atento aos prazos para que se faça uso desses produtos, mesmo que com uma margem menor, antes de perdê-los totalmente.

Tenha um bom sistema de controle do estoque do salão

Um bom sistema de controle com uma pessoa de confiança fazendo a gestão elimina a necessidade de controle visual e das anotações no papelzinho. Ele te fornece relatórios a qualquer tempo, dá a visão do todo, o controle da operação, onde se ganha e onde se perde. Pode ser programável com alertas de estoque mínimo para os produtos mais usados. É uma segurança imprescindível. Além de agilizar a operação no dia a dia, na correria do salão.

Deixe seu estoque à mostra

Além de ter o controle do estoque é preciso estar atento a ordem do local, a organização dos produtos e a limpeza. Outro ponto importante que devemos citar é que produto guardado em caixa é esquecido, por isso, é fundamental ter os itens no campo de visão.

Tenha controle do que sai

Implementar comanda para retirada de produtos é fundamental, além de um protocolo de saída, assim você garante o lançamento no sistema em um momento mais calmo.