Manicure cria “trono das divas” e vira febre nas redes sociais

28/05/2019 | Monique Abrantes

As dores nas costas e joelhos de Thais Amorim Silva motivaram o desenvolvimento do assento

Fazer as unhas dos pés das clientes era um tanto quanto complicado para a manicure Thais Amorim Silva, de 20 anos. As “cadeirinhas” tradicionais não contribuíam para que ela mantivesse sua postura ereta, fazendo com que a profissional ficasse sempre curvada para alcançar os detalhes das unhas e cutículas.

Isso até ela ter a ideia de criar o “trono das divas”: intitulado dessa forma por uma cliente, o assento deixa a pessoa no alto e com os pés na altura certa para que Thais não precise ficar desconfortável. “Vi uma ideia parecida do exterior e quis adaptar para o meu salão. Mandei para o marceneiro, que deu algumas sugestões, como parafusar na parede. Ele pensou junto comigo e fez vários testes para desenvolver algo que suportasse o peso com segurança”, conta.

Com o “trono das divas”, Thais fica com a postura perfeita para fazer as unhas dos pés das suas clientes sem precisar se curvar.

Trono das divas e a ergonomia

Thais é formada em Recursos Humanos, mas desde os 13 anos trabalha como manicure e pedicure. “Há cerca de um ano, terminei a faculdade e lá aprendi muito sobre ergonomia. A postura de trabalho da manicure é muito difícil. Sempre senti dores, principalmente nos joelhos. Minha intenção é usar tudo o que aprendi na faculdade, seja para cuidar da saúde ou para a gestão do negócio, para melhorar meu dia a dia na esmalteria.”

Confira também: Unhas de noiva: confira sugestões de nail art que fogem do tradicional

Ela conta que desde então atendia na lavanderia de casa e há três anos inaugurou sua própria esmalteria no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo (SP). “Faz uma semana que instalei a poltrona, que me custou R$ 650 para ser feita. As pessoas estão marcando horário só para conhecer o trono das divas”, revela.

Daqui em diante, os planos de Thais é investir mais nas redes sociais da sua esmalteria, especializada em unhas decoradas, e focar na edução, dando cursos.