Visagismo: dicas para aplicá-lo a favor da clientela

06/06/2019 | Monique Abrantes

O hairstylist especialista em visagismo, Carlos Lima, ensina alguns truques úteis para o dia a dia no atendimento

Analisar as características da pessoa, juntamente com uma conversa sobre o desejo e expectativas dela, é o primeiro passo para desenvolver um projeto de beleza personalizado para ela. Após fazer essa observação, é hora de escolher as técnicas de visagismo para valorizar a beleza do rosto juntamente com o seu estilo de forma harmônica.

O cabeleireiro Carlos Lima, que hoje mora e atende nos Estados Unidos, dá algumas dicas a seguir de como colocar algumas técnicas em prática.

Converse com sua cliente

Essa é a primeira e uma das mais importantes etapas do atendimento. “O cabelo tem que conversar com o estilo da pessoa. Normalmente eu entrevisto a cliente por, pelo menos, 15 minutos antes de cortar e observo-a como um todo: estatura física, tom de pele, olhos, formato do rosto, o momento que a pessoa vive, a profissão e como ela se veste. É importante que o cabelo tenha a ver com isso tudo”, ensina Carlos. 

Segundo Carlos, a primeira etapa do visagismo está na conversa com a cliente para entender seus desejos e expectativas em relação ao corte.

Tenha jogo de cintura

O cabeleireiro conta que não é incomum algumas clientes chegarem ao salão com referências que não se adequam a ela. “Algumas pessoas trazem recortes de revistas ou dizem que o marido gosta daquele corte. Só que muitas vezes aquele cabelo não combina com ela. É aí é que entra o jogo de cintura do visagista, que precisa ser negociador. A moda é o que se encaixa com o seu estilo, acredito na beleza natural. Também, para a maioria das clientes, é importante que seja um corte prático que ela consiga manter.”

Confira também: Winter is coming: como cuidar do cabelo no inverno

Dicas de visagismo


Carlos selecionou algumas dicas básicas para usar a favor do resultado final do corte e para valorizar a beleza da sua cliente.

Franjas

A franja dá um ar jovial ao look. Pode ser na altura da testa, da orelha ou acima dos olhos, sempre tem uma franja certa para cada pessoa.

Evite cabelos cheio se quiser parecer mais magra

Cabelo muito cheio é desaconselhado para quem está se sentindo acima do peso.

Confira também: Letícia Spiller é a capa da edição de aniversário da Cabelos&cia!

Altura x tamanho do corte

Uma pessoa muita alta terá a altura ainda mais evidente se cortar o cabelo curto.

Formatos do rosto

Rosto oval: aceita diversos tipos de cortes, que podem variar desde os curtos até os longos. A franja também é opcional para este tipo de formato de rosto. Para dar um toque extra, invista em um corte mais desfiado ou desconectado pode render charme extra a este visual. Evite desenhos retos para os fios.

Rosto redondo: é importante não abusar no volume dos fios em sua extensão. Deixe a parte de cima mais carregada e as laterais desfiadas. As franjas e o comprimento um pouco abaixo do ombro são recomendados e podem ser tanto assimétricos quanto retos. Rabo de cavalo pode não ficar bom para esse formato de rosto.

Rosto quadrado: cortes de comprimentos variados são indicados para este formato de rosto. Caso queira um look mais curto, o chanel é uma boa aposta. Cortes mais longos também são indicação certeira. A franja reta deve ser evitada, mas se for em camadas, mais longa, pode cair bem.

Rosto triangular: os cabelos desconectados são uma ótima indicação para este rosto. Seja o corte longo, médio ou curto, os fios assimétricos rendem charme e equilibram o formato da face.